por paulo eneas
Um carregamento de mais dois milhões de doses da vacina chinesa chegou a São Paulo nesta sexta-feira (18/12) e foi recepcionado pelo próprio tucano João Doria. Trata-se da terceira remessa de vacinas vinda da China, e a segunda de material já totalmente produzido. A legislação brasileira determina que a importação de medicamentos estrangeiros está sujeita à autorização da Anvisa. Não está claro se a agência autorizou esta importação.

No início deste mês, o governo paulista havia importado seiscentos litros de matéria prima suficientes para a produção de até um milhão de doses de vacinas. Os produtos importados pelo tucano João Doria são produzidos pela empresa farmacêutica chinesa Sinovac Biotech que, segundo reportagem publicada no início de dezembro pelo jornal The Washington Post, possui um histórico de práticas de corrupção e de suborno de agentes públicos em diversos países do mundo. Colaboração Camila Abdo.


 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE