por angelica ca e paulo eneas
Pesquisadores da Universidade de Miami estão investigando os possíveis efeitos colaterais da vacina contra o coronavírus na fertilidade masculina e devido às incertezas em torno do tema estão aconselhando homens em idade reprodutiva a adotarem precauções antes de tomar a vacina.

Os pesquisadores têm recomendado aos homens passem por uma avaliação de fertilidade antes de receber a vacina contra a covid e que considerem a opção de fazer o congelamento de seus espermatozoides antes da vacinação para proteger sua fertilidade.

O pesquisador Dr. Ranjith Ramasamy, urologista reprodutivo da U-Health, iniciou um estudo anterior que descobriu que o vírus chinês permanecia presente nos testículos por até seis meses após a infecção. A descoberta levou sua equipe a questionar o efeito do vírus no esperma e na reprodução. Sua equipe também está analisando o impacto potencial da vacina.

“Estamos avaliando os parâmetros e a qualidade do esperma antes e depois da vacina. A partir da biologia da vacina contra a covid, acreditamos que ela não deve afetar a fertilidade, mas queremos fazer o estudo para garantir que o homem que deseja ter filhos no futuro possa estar seguro quanto à decisão de tomar a vacina”, afirmou Ramasamy.

Desde o início da pandemia do vírus chinês, a mídia veicula reportagens afirmando que o próprio vírus da covid poderia causar esterilidade nos homens, o que consistiu em uma estratégia de amedrontamento destinada a fazer com que os homens corressem e se vacinassem contra quando as vacinas estivessem disponíveis.

Por sua vez, o Dr. Alessandro Loiola observou em sua rede social na semana passada que a “na página 132 da bula vacina da Pfizer, o fabricante informa que não se deve ter sexo desprotegido até 28 dias após a 2º dose devido ao risco de segurança reprodutiva”.

Além dos riscos para a fertilidade masculina, os testes realizados por diversos fabricantes não levaram em consideração os efeitos da vacina na gestação e no desenvolvimento de fetos e embriões, de modo que não informação disponível sobre os efeitos da vacina sobre fertilidade feminina. Informações de Local10, Christians For Truth, Clinical Trials e TigerDroppings.


 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE