por paulo eneas
Os militares tomaram o poder em Myanmar, antiga Birmânia, país do sudeste asiático que faz fronteira com a China e a Tailândia, após a deposição do governo alinhado ao Partido Comunista Chinês. A informação foi divulgada na madrugada desta segunda-feira (01/02) pela rede CNN dos Estados Unidos. Os militares anunciaram que pretendem ficar um ano no poder.

Segundo as informações preliminares, a presidente deposta Aung San Suu Kyi, ganhadora do suspeitíssimo Prêmio Nobel da Paz, foi detida pelos militares, juntamente com outros membros do governo. O país vive uma tensão permanente desde as eleições de novembro do ano passado, sobre as quais existem denúncias de fraudes generalizadas e que deram a vitória ao partido governista, agora deposto.


 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE