por paulo eneas
O Ministério das Comunicações publicou na tarde desta segunda-feira (01/02) uma nota sobre a licitação para a implantação da tecnologia 5G no Brasil. A nota esclarece pouco ou quase nada a respeito da possibilidade de a empresa chinesa Huawei vir ou não a implantar e operar a rede 5G no Brasil.

A nota é vaga e genérica, ao dizer que a implantação da rede seguirá diretrizes da política econômica, e afirma que qualquer empresa poderá operar a estrutura de Rede 5G do Brasil. A nota não faz menção à questão segurança nacional, que é justamente o tema central que tem pautado a rejeição da chinesa Huawei em vários países.

O Ministério das Comunicações tem a obrigação de informar aos brasileiros, de maneira clara e sem ambiguidades e vaguezas de notas oficiais, se existe ou não a possibilidade de a Rede 5G do Brasil vir a ser operada por uma empresa que é braço do Partido Comunista Chinês e que é acusada de espionagem institucional e empresarial em vários países.



 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE