por camila abdo e paulo eneas
Um ensaio clínico conduzido no Estado do Rio Grande do Norte com 10.509 pacientes, e que conta com a participação de 265 cientistas, mostrou mais uma vez que a Ivermectina é eficaz no tratamento precoce contra o vírus chinês. O ensaio mostrou que o uso da Ivermectina exibe 78% de eficácia na redução do risco de morte das pessoas infectadas pelo vírus chinês.

O ensaio resultou em 37 estudos publicados no portal C19Study.com, a principal referência de estudos acadêmicos e ensaios clínicos sobre o uso de medicamentos como ivermectina e hidroxicloroquina no tratamento da covid. Estes resultados foram apresentados esta semana por especialistas da Associação Médica do Rio Grande do Norte.

Médicos infectologistas da entidade acreditam que estudos adicionais sobre a Ivermectina, que tem sido usada na modalidade off label tanto na prevenção quando no tratamento precoce da covid, servirão para respaldar decisões de governantes e da própria população quanto ao uso off label deste medicamento no combate ao vírus chinês. Informações do Terra Brasil Noticias e Tribuna do Norte.


 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE