por camila abdo
A Polícia Federal deflagrou nesta quinta-feira (11/02) a Operação Pseudeia, resultado do desdobramento da Operação Acarajé, que foi responsável pela investigação que tinha como alvo João Santana, marqueteiro do Partido dos Trabalhadores (PT). O alvo desta nova operação não teve o nome divulgado, mas existe a suspeita de que o marqueteiro tenha recebido pagamentos ilegais por parte de João Vaccari Neto, ex-tesoureiro do partido criminoso.

A pedido da Polícia Federal, serão bloqueados e sequestrados valores no limite dos prejuízos identificados, no montante de R$5.261.100,00, de acordo com as investigações. A operação envolveu a participação de quinze policiais federais, que cumpriram cinco mandados de busca e apreensão no Estado de São Paulo, sendo três na capital e dois na cidade de Pindamonhangaba.


 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE