por angelica ca e paulo eneas
O Brasil está definitivamente entregue a ações inconstitucionais de prefeitos e governadores a pretexto da pandemia do vírus chinês. A arbitrariedade desta vez vem da Prefeitura de São Bernardo do Campo, na Grande São Paulo, que anunciou nesta segunda-feira (22/02) a decretação de toque de recolher na cidade a partir do próximo sábado entre 22h e 5h.

Segundo informa a prefeitura, os cidadãos ficarão proibidos de circular pelas ruas da cidade neste horário, exceto para trabalho em atividades essenciais e atendimentos de saúde de urgência. A medida é completamente inconstitucional, como inúmeras outras semelhantes que têm sido tomadas em período recente em todo o país.

Também foi suspenso o retorno às aulas presenciais na rede pública de ensino municipal e estadual. Reuniões com pais e entrega de materiais e uniformes escolares que seriam realizadas ao longo desta semana também foram canceladas. Nenhuma autoridade pública municipal, estadual ou federal manifestou-se diante desta ilegalidade.