angelica ca
A Câmara de Vereadores de João Pessoa (PB) aprovou nesta quinta-feira (04/03) projetos de lei que reconhecem atividades físicas, religiosas e educacionais como sendo essenciais e que não podem ser interrompidas durante a pandemia. Outro projeto aprovado prevê punições para quem furar a fila de vacinação contra a covid na capital paraibana.

O projeto de lei proposto pelo vereador Carlão do Bem (Patriota) torna essenciais as atividades religiosas, incluindo missas e cultos presenciais, bem como trabalho social que envolva o recebimento e entrega de doações de alimentos, agasalhos e similares.

Por sua vez, o projeto de lei da vereadora Eliza Virgínia (PP) reconhece as aulas presenciais em escolas públicas e privadas como atividades essenciais para o município. O projeto aprovado estabelece que as escolas devem ofertar a opção de educação à distância para as famílias que assim desejarem. Os projetos aprovados seguem agora para sanção do prefeito. Informações de G1 e Portal T5.


 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE