por angelica ca e paulo eneas
Sob o pretexto de evitar aglomerações por conta do vírus chinês, a Prefeitura de Natal (RN) determinou neste sábado (05/03) a suspensão do bilhete para estudantes fora do regime presencial e da gratuidade para idosos nos horários de pico do transporte público municipal.

De acordo com o decreto municipal, partir desta segunda-feira (08/03) passará a ser cobrado o valor integral da passagem de ônibus nos horário das 06h às 08h e das 17h às 19h, durante todos os dias úteis da semana, para idosos e estudantes que não estão no regime de aulas presencial.

Trata-se de mais um medida de natureza arbitrária, que representa uma agressão ao direito e à liberdade de ir e vir, adotada por um governante local sob pretexto de combater a pandemia. Diante do vácuo de poder existente no âmbito nacional no que diz respeito às ações de combate à pandemia, iniciativas locais de cunho autoritário como esta têm se tornado rotina em todo o País.


 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE