por angelica ca
O ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal, negou nesta quinta-feira (11/03) o pedido de liberdade do deputado Daniel Silveira (PSL-RJ). De acordo com o ministro, a situação da prisão do parlamentar será revista após a corte decidir se recebe ou não a denúncia oferecida pela Procuradoria-Geral da República (PGR).

Os advogados terão mais 15 dias para apresentar resposta às acusações da PGR. Alexandre de Moraes atendeu a um pedido da defesa do deputado e reabriu o prazo para apresentação para contestação da acusação.

Segundo os advogados, eles não tiveram acesso aos inquéritos das chamadas fake news e ao inquérito que investiga os atos supostamente antidemocráticos. Daniel Silveira é alvo de investigação nos dois inquéritos, que inúmeros juristas consideram ilegais. Informações de Correio 24 Horas e G1.


 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE