por camila abdo e paulo eneas
Mesmo com provas claras de que lockdowns medidas de restrições são ineficazes no combate à pandemia do vírus chinês, o prefeito petista do município de Araraquara (SP), Edinho Silva, impôs novas barreiras sanitárias, antecipação de feriados e restrição à circulação de pessoas na cidade. As medidas entraram em vigor nesta quarta-feira (30/03) e estendem-se até domingo (04/04).

A partir de agora, moradores de outras localidades só poderão entrar na cidade se apresentarem teste negativo do vírus chinês, além da necessidade de “justificar” o motivo da visita ao município, o que fere frontalmente artigo da Constituição Federal que assegura o direito à livre circulação de pessoas no território nacional.

O comércio ficará fechado, e transporte coletivo e postos de combustíveis também não funcionarão. A circulação de pessoas e veículos só será permitida caso trabalhem em serviços considerados essenciais. Além disso, o prefeito petista ofereceu um bônus R$ 1.216,00 por mês para agentes municipais que flagrarem irregularidades na cidade. Araraquara está se tornando o protótipo de cidade comunista aos moldes soviéticos. Informações de Terra Brasil Notícias.


 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE