por angelica ca e paulo eneas
O presidente do Tribunal de Justiça de Minas Gerais, desembargador Gilson Soares Lemes, determinou a suspensão temporária do toque de recolher das 20h às 5h, bem como suspendeu a decisão inconstitucional do governo estadual de proibir reuniões sociais em domicílios em Minas Gerais. A decisão foi tomada nesta segunda-feira (05/04). As medidas draconianas foram implementadas pelo governo mineiro em 17 de março.

A decisão de Gilson Soares atende a uma ação popular ajuizada pelo deputado estadual Bruno Engler (PRTB), para frear as medidas inconstitucionais impostas pelo Governo do Estado de Minas Gerais que agrediam o direito de ir e vir dos mineiros. O governo estadual concordou com o fim do toque de recolher e o fim da proibição de reuniões domiciliares. No entanto, as demais imposições continuam em vigência. Informações de Estado de Minas, O Tempo e Hoje Em Dia.


 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE