por paulo eneas
Uma parte da direita está acreditando que a CPI da Covid, que vai ser instalada no Senado Federal por ordem do Supremo Tribunal Federal, poderá servir para revelar crimes cometidos por prefeitos e governadores durante a pandemia. Esta crença ingênua foi reforçada pelo pedido feito neste sábado (10/04) pelo senador Alessandro Vieira para que estados e municípios também sejam investigados.

Ocorre que as CPI’s são instrumentos de guerra política usados há décadas pela esquerda, que possui uma ampla expertise nesses embates, enquanto que os parlamentares da direita, com uma ou outra exceção, são praticamente amadores nesta seara, como mostrou a CPMI da Fake News.

Além disso, as CPI’s são regimentalmente instrumentos da minoria, de modo que o protagonismo nesta comissão será dos parlamentares da esquerda e de oposição ao governo.

Por fim, mesmo que o escopo da investigação venha a ser ampliado, o que é pouco provável, o objetivo da comissão continuará sendo um só: não será fazer uma investigação isenta relativa à pandemia, mas sim criar narrativas para imputar culpa e responsabilidade ao Presidente Bolsonaro.


 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE