por paulo eneas
O ministro das Comunicações, Fabio Faria, tem usado suas redes sociais para fazer a defesa da CPI da Covid a ser instalada no Senado Federal por ordem do Supremo Tribunal Federal. Ocorre que a CPI é um fato político do poder legislativo, e as relações entre o governo e o legislativo são feitas por meio de articulação política a cargo da ministra Flavia Arruda, da Secretaria de Governo, e do ministro Luiz Ramos, da Casa Civil.

Até onde sabemos, não houve até o momento um posicionamento oficial destes dois ministérios a respeito desta CPI. Por sua vez, o próprio Presidente Bolsonaro expressou pessoalmente sua contrariedade com a decisão judicial de mandar instalar esta comissão. Isto posto, cabe perguntar:

Com que autoridade Fabio Faria vem a público, como Ministro de Estado, fazer a defesa desta CPI? Seu posicionamento é endossado pelo Presidente da República, em primeiro lugar, e pelos ministros Flavia Arruda e Luiz Ramos, responsáveis pela articulação política? Se não, Fabio Faria está falando em nome de quem e do quê? Entramos em contato com o ministro e estamos aguardando sua resposta com sua versão.


 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE