por paulo eneas
A bancada bolsonarista na Câmara dos Deputados precisa ser mais proativa e tomar iniciativas que venham a pautar o debate no Congresso Nacional, e que reflitam as expectativas da maioria dos brasileiros, dos apoiadores do governo e do próprio Presidente da República.

Uma iniciativa desta natureza que precisa e deve ser tomada, e que também já deveria ter sido feita há muito tempo, é a apresentação de um Projeto de Lei instituindo o tratamento preventivo e precoce como Política de Estado do Governo do Brasil para o enfrentamento à pandemia do vírus chinês.

A fundamentação deste projeto pode ser feita a partir das diversas experiências bem sucedidas de tratamento preventivo e precoce em várias cidades brasileiras, além da experiência de países como Russia, Índia e China que adotaram a abordagem medicamentosa para covid como política de estado para a pandemia.

Os parlamentares da base bolsonarista também poderão ser auxiliados nesta iniciativa pelos inúmeros médicos brasileiros de reputação internacional que defendem e praticam o tratamento precoce. A bancada pode também contar com o suporte do Conselho Federal de Medicina, que defende esta posição deste o início da pandemia.

Um lei instituindo o tratamento precoce e preventivo como política oficial do governo brasileiro para o enfrentamento à covid irá também conferir amparo e blindagem jurídica para médicos e prefeitos de todo o país que adotam esta abordagem.

Sabemos que muitos médicos e prefeitos que adotam o tratamento precoce e preventivo, e até mesmo serviços de saúde privados que o oferecem, sofrem perseguições por parte de governadores ou de órgãos aparelhados pela esquerda, como Ministério Público e Defensorias Públicas, que possuem setores que militam em favor do vírus e contra a vida.

Cabe à bancada governista tomar a iniciativa, fazer deste Projeto de Lei a pauta principal em curto prazo no Congresso Nacional, para garantir sua aprovação e assegurar que todos brasileiros, especialmente aqueles que dependem do SUS, possam ter acesso a um tratamento que tem salvado a vida de milhões de pessoas.

O tratamento precoce e preventivo tem sido boicotado pela imprensa criminosa e por setores amplos do establishment político, incluindo também setores lobistas da classe médica, o que tem custado a vida de milhares de brasileiros. A bancada governista não pode ficar indiferente a este fato e deixar apenas o Presidente Bolsonaro sozinho fazer a defesa deste tratamento. Cabe à bancada cumprir seu papel e tomar esta iniciativa.


 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE