por angelica ca
Os Centros para Controle e Prevenção de Doenças (CDC) e a Food and Drug Administration (FDA) dos Estados Unidos recomendaram nesta terça-feira (12/04) uma “pausa” no uso da vacina contra a covid de dose única da Johnson & Johnson. A interrupção será feita enquanto uma investigação é conduzida em seis casos graves de coagulação sanguínea ocorridos após a vacinação, sendo que um deles foi fatal.

Em um comunicado conjunto, as duas agências disseram que estão revisando dados envolvendo seis casos relatados no país de um tipo raro e grave de coágulo sanguíneo em indivíduos que receberam a vacina da Johnson & Johnson. Todos os seis casos ocorreram entre mulheres com idades entre 18 e 48 anos, e os sintomas ocorreram 6 a 13 dias após a vacinação.

A grande maioria do suprimento de vacinas dos Estados Unidos vem da Pfizer / BioNTech e Moderna, ambas vacinas de duas doses. No entanto, mais de 6.85 milhões de injeções da vacina da Johnson & Johnson foram administradas nos Estados Unidos, de acordo com dados do CDC. Informações da NPR e NewsWeek.


CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE