por angelica ca e paulo eneas
O governo da Romênia aprovou nesta quinta-feira (15/04) um projeto de lei que impede a China e a Huawei de participarem do desenvolvimento da Rede 5G daquele país. A notícia foi divulgada pela Agência Reuters a partir de informação de um membro do Comitê de Tecnologia de Informação & Ciência e Segurança Nacional da Romênia.

“O governo acaba de aprovar este projeto de lei de suma importância para a Romênia, selando um memorando de 2019 assinado em Washington. Com a nova lei, a China e a Huawei estão excluídas de qualquer parceria na Rede 5G com o estado romeno”, afirmou Pavel Popescu, membro do Comitê de Tecnologia de Informação & Ciência e Segurança Nacional da Romênia.

O memorando de entendimento em questão refere-se a um documento assinado entre os governos dos Estados Unidos e da Romênia em 2019, no qual os dois países concordaram que “como parte da abordagem de segurança baseada em risco, é necessária uma avaliação cuidadosa e completa dos fornecedores de infraestrutura de Rede 5G”.

Pavel Popescu disse que o projeto de lei deverá ser aprovado no parlamento romeno nas próximas semanas e é um pré-requisito para o lançamento de licitações da Rede 5G no estado do Mar Negro no segundo semestre do ano.

O projeto pode ser transformado em lei já na próxima semana e terá um grande impacto no próximo leilão do espectro 5G, previsto para ocorrer ainda este ano. Algumas das operadoras romenas já têm uma parte significativa de seus equipamentos 4G fornecidos pela Huawei e a proibição de sua participação no 5G poderá trazer um impacto no setor.


 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE