por paulo eneas
O Governo Federal publicou neste domingo (18/04), via Caixa Econômica Federal, uma série de anúncios de meia página em jornais da grande imprensa, incluindo O Globo, Extra, Folha de São Paulo e Estado de São Paulo, informando sobre o calendário de pagamento do Auxílio Emergencial. O total gasto nestes anúncios é da ordem de alguns milhões de reais.

Um dos anúncios, no jornal O Estado de São Paulo, foi publicado na mesma página que traz matéria atacando o Ministro da Defesa, General Braga Netto, no período em que ele chefiava a Casa Civil. Apesar de serem anúncios da Caixa Econômica Federal, a veiculação destas peças está sujeita à aprovação prévia da Secom, que era chefia até esta semana pelo Almirante Flavio Rocha.

A informação sobre pagamento do auxílio emergencial poderia ser divulgada por rede nacional de rádio e televisão, sem custos para o governo, ou por meio de press release da Caixa para diversos veículos e mídias sociais, que divulgariam espontaneamente a informação pela sua relevância. No entanto, decidiu-se gastar dinheiro público em publicidade beneficiando veículos da grande imprensa que são os principais inimigos do Governo Bolsonaro.


 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE