por camila abdo e paulo eneas
O Estado norte-americano do Texas observou um queda de 70% nos casos de covid desde o dia 2 de março deste ano, quando o foram suspensas todas as restrições impostas anteriormente por conta da pandemia, inclusive com a abolição do uso obrigatório de máscaras em espaços públicos.

Por sua vez, Estado de Minnesota, que criticou a decisão do governo texano e manteve todas as restrições ao funcionamento do comércio e obrigatoriedade de distanciamento social e uso de máscaras, teve um aumento no número de casos: de 2 de março a 2 de abril, o número saltou de 425 para cerca de 2.500 casos diários de covid.

O contraste entre os dois estados norte-americanos corrobora o que vem sendo afirmado há meses por médicos do mundo inteiro, mas que é ignorado por políticos esquerdistas, como é o caso dos governadores e prefeitos brasileiros:

Medidas de lockdown, fechamento, restrições de circulação de pessoas, obrigatoriedade do uso de máscaras e outras, não são eficazes no combate à pandemia do vírus chinês. Estas medidas prestam-se tão somente a objetivos políticos de imposição de controle social, além de contribuírem para a disseminação do vírus por debilitar as pessoas sujeitas a estas restrições. Informações de Bles Mundo.


 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE