por angelica ca e paulo eneas
O professor de epidemiologia da Universidade de Yale, Dr. Harvey Risch, revelou que a maioria das pessoas que agora estão infectadas com covid foram vacinadas contra o vírus chinês. “Os médicos têm afirmado para mim que mais da metade dos novos casos de covid que estão tratando são de pessoas que foram vacinadas”, afirmou o Dr. Harvey Risch.

As declarações do professor  Harvey Risch foram dadas nesta segunda-feira (19/04) durante o programa War Room, conduzido por Steve Bannon. O programa abordou as percepções do público e do meio médico a respeito da eficácia das vacinas contra a covid.

“Acho que a vacina foi vendida ao público americano graças a pesquisas que mostram que ela reduz a infecção leve a moderada em algo entre 60 e 90%, dependendo da idade e do fabricante da vacina. Esse desempenho foi considerado bom para um indivíduo que deseja tomar uma vacina para se proteger”, afirmou o médico.

Segundo Harvey Risch, o que mais importa do ponto de vista médico é saber se as vacinas contra a covid são ou não capazes de prevenir a propagação da infecção. Uma vez que a indústria farmacêutica não forneceu esta informação, Risch recomenda consultar os dados de locais onde as vacinas estão sendo usadas.

O professor mencionou o caso da vacinação em massa em Israel, país onde a vacina Pfizer foi administrada em mais da metade da população: “Em Israel, estudos mostram que isso reduz a propagação da infecção em 50-60%, contribuindo assim para a imunidade do rebanho. Trata-se de um benefício lento e contínuo para a sociedade, o que é totalmente diferente de proteger cada indivíduo”, afirmou.

Ainda segundo o Dr. Harvey Risch, esse dado serve de alerta para as pessoas que acreditam que a vacina irá libertá-las de todas as restrições. Esse não seria o caso, pois a  embora as pessoas possam não apresentar sintomas, a vacina reduz a transmissão real do vírus apenas pela metade.

Harvey Risch informou ainda que os médicos relataram a a ele que mais da metade dos novos casos de coronavírus já haviam recebido uma vacina. Steve Bannon então pediu que ele repetisse novamente: “Eles [os médicos] estimam que mais de 60% dos novos casos que estão tratando, casos de covid, foram [de pessoas] vacinados”, afirmou o professor Harvey Risch. Informações de Life Site News e Rumble.


 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE