por paulo eneas
O ex-assessor de Eduardo Pazuello no Ministério da Saúde, Marcos Arnoud afirmou na sexta-feira (23/04) em mensagem em sua rede social que havia recebido ordem do então chefe da Secom, Fábio Wajngarten, para “diminuir os valores de mídia da Rede Globo e proibindo o ministro da Saúde de falar com eles”.

O ex-assessor, que usa o apelido de Markinho_Show (o que dá uma medida da seriedade envolvida) afirma na mensagem que descumpriu a ordem e insulta o ex-secretário: “Claro que não fiz o que ele pediu. Não aceitaria uma ordem desqualificada e inútil. Fiz tudo ao contrário”.

A afirmação do assessor, feita em tom de blague, é na verdade uma confissão, pois ele está admitindo explicitamente que descumpriu uma diretriz da Presidência da República no que diz respeito às relações institucionais do Governo Federal com as Organizações Globo.


 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE