por angelica ca e paulo eneas
O município paulista de Serrana, situado na região metropolitana de Ribeirão Preto, encerrou no dia 11 de abril a vacinação em massa de sua da população contra covid. A população da cidade foi submetida a um estudo clínico do Instituto Butantan para medir a eficácia da vacina chinesa coronavac.

O denominado Projeto S, de secreto, o estudo começou a ser colocado em prática no município no dia 17 de fevereiro. De acordo com dados do portal do Governo do Estado de São Paulo divulgado no dia 13 de abril, um total de 97.9% da população-alvo de um experimento de vacinação em massa no município recebeu as duas doses da coronavac. A imunização da população de Serrana alcançou 27.150 pessoas acima de 18 anos.

Foram aplicadas 54.872 doses da vacina chinesa registrados 46 eventos adversos graves. No período, houve seis óbitos por covid: cinco pessoas faleceram após tomar somente a primeira dose, e uma pessoa faleceu após tomar a segunda dose.

Neste último caso, os sintomas começaram a se manifestar dois dias após a aplicação, o que indica que o paciente já estava infectado quando tomou a segunda dose. Entre as pessoas não vacinadas, foram 14 mortes por covid.

No entanto, após a vacinação ter alcançado quase toda população, a cidade de Serrana continuou registrando novos casos de infecção e mortes por covid.

De acordo com boletim epidemiológico divulgado na terça-feira (27/04), somente no mês de abril foram notificados 857 novos casos, sendo 221 confirmados e 6 óbitos. Por sua vez no comparativo com o mês de fevereiro, quando teve início a vacinação em massa na cidade, foram registrados 1177 casos, 484 confirmados e 2 óbitos, ou seja, um aumento no número de mortes pelo vírus.

Já no mês de março foram notificados 2067 casos com 692 confirmados e 19 mortes, o que demonstra que mesmo após o início da vacinação com o imunizante chinês, o município continuou a registrar novos casos e mortes pelo vírus.

Nos últimos sete dias dias até o dia 27 de abril, 5 pessoas morreram de covid no município. No dia 26 de abril, a cidade de Serrana notificou 25 novos casos confirmados da doença, atingindo uma média-móvel de 9 novos infectados por dia, segundo dados do Painel Covid19 do Ministério da Saúde.

Passada quase três semanas desde a conclusão do estudo, os resultados ainda não vieram a público. Os pesquisadores devem preparar o relatório do experimento que será publicado em forma de artigo científico no início da maio. Informações de Portal do Governo de São Paulo  e Portal Novo Norte.



 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE