por paulo eneas
Manifestações estão ocorrendo em diversas cidades por todo o país neste sábado (01/05) em apoio ao Presidente Bolsonaro. Os atos foram organizados pelas redes sociais ao longo das últimas semanas motivados em grande parte por uma fala recente do presidente, na qual ele afirmou que aguardava uma “sinalização” de seus apoiadores para fazer aquilo que “o povo quer”.

Impulsionadas nas redes sociais pela hashtag #EuAutorizoPresidente, interpretada como o endosso dos apoiadores ao presidente para tomar medidas no sentido de garantir a lei, a ordem e a retomada do funcionamento normal do país, as manifestações reúnem neste feriado do Dia do Trabalho milhares de pessoas nas capitais e grandes cidades.

Por anos a fio o feriado de Primeiro de Maio, Dia do Trabalho, instituído pelo movimento revolucionário no século dezenove, tem sido tradicionalmente marcado por manifestações de centrais sindicais controladas pelos partidos de esquerda. Este ano, ao menos no Brasil, os aparelhos sindicais da esquerda se recolheram, e as ruas foram tomadas pela direita em manifestações de apoio ao presidente.

Vídeos nas redes sociais mostram manifestações com grande volume de pessoas, quase todas vestidas de verde e amarelo, em várias cidades do país. A capital federal, Brasília, registrou aquela que parece ser a maior manifestação política de sua história. No Rio de Janeiro (RJ), manifestantes ocupam toda a orla de Copacabana. Belo Horizonte (MG), Belém (PA), Recife (PE), Maceió (AL), São Luiz (MA) e cidades do interior de vários Estados também registram manifestações ao longo do dia.

Em São Paulo (SP), a manifestação ocorre na Avenida Paulista deste o início da manhã e se estenderá até o fim do dia. Um caminhão-palanque foi instalado em frente à sede da FIESP e os manifestantes ocupam ambas as faixas da avenida em quase toda a sua extensão. A previsão dos organizadores é de um maior afluxo de pessoas no início da tarde. O Crítica Nacional fará cobertura ao vivo do local a partir das 14hs.











CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE