por paulo eneas
Um relatório da Polícia Federal vazado para a grande imprensa concluiu que não houve qualquer ilicitude ou ilegalidade na conduta do empresário Otávio Fakhoury, uma das pessoas investigadas no inquérito das chamadas fake news em andamento no Supremo Tribunal Federal.

O advogado do empresário, Dr. João Manssur, informou nesta segunda-feira (03/05) que irá pedir o arquivamento do inquérito, pois entende que os fatos “injusta e falsamente imputados a Fakhoury” já foram devidamente esclarecidos junto às autoridades. Além disso, segundo o Dr. Manssur, o inquérito já foi relatado. Informações Folha de São Paulo.


 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE