por camila abdo e paulo eneas
O senador Renan Calheiros (MDB-AL), relator da CPI da Covid no Senado Federal, teria repassado pelo menos R$ 428 mil reais da cota parlamentar para o médico Fábio Luiz Araújo Lopes de Farias, ex-suplente do parlamentar, entre os meses janeiro de 2010 e fevereiro deste ano, segundo mostra reportagem da Revista Oeste.

Os recursos teriam sido utilizados na locação de um escritório político de Renan Calheiros no Estado de Alagoas. Atualmente, Fábio Luiz Araújo Lopes de Farias é secretário-chefe do Gabinete Civil do Governo do Estado de Alagoas, governado por Renan Filho, que é filho do senador alagoano.

Ainda segundo a reportagem, o médico Fábio Luiz Araújo Lopes de Farias também teria feito em 2018 uma doação para a campanha do hoje governador e seu chefe, Renan Filho, no valor de R$10.400,00. Informações Revista Oeste.


 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE