por angelica ca e paulo eneas
O presidente do Uruguai, Luis Lacalle Pou, entrou em contato com o Embaixador de Israel no país, Yoed Magen, na semana passada para transmitir sua “solidariedade e a dos uruguaios ao povo de Israel em seu momento difícil”. O governo Lacalle Pou emitiu nota pedindo o fim da violência perpetuada pelos terrorismos contra o território israelense.

“O Uruguai expressa sua firme condenação à realização de atos terroristas e ao aumento dos ataques perpetrados a partir de Gaza contra o território israelense”, disse ele em um comunicado.

Em contrapartida, o governo da Argentina, chefiado pelo Foro de São Paulo, manifestou-se dias atrás em favor do grupo terrorista Hamas e contra Israel. O Presidente Bolsonaro, por sua vez, manifestou-se pessoalmente nas redes sociais em defesa de Israel, e condenou os ataques do Hamas. O Itamaraty, chefiado pelo tucano Carlos França, manteve-se até agora em silêncio. Informações de Infobae | El Observador | Derecha Diario.

Leia também:
1) Governo da Argentina Condena o Estado de Israel Por Defender-se dos Ataques Terroristas do Hamas

2) Presidente Bolsonaro Publica Mensagem Condenando Ataques ao Estado de Israel.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE