por paulo eneas
O Partido Comunista Chinês passou a controlar de fato a política externa brasileira após conseguir derrubar o ministro Ernesto Araújo e colocar na chefia do Itamaraty o tucano Carlos França que, seguindo estritamente as ordens e as determinações da senadora Katia Abreu (PP-TO), está trazendo a diplomacia brasileira para a era tucano-petista, quando o país se tornou um anão diplomático.

Agora, os comunista chineses passarão a ter acesso às informações do Sistema Renavam, o registro nacional de veículos automotores, e também acesso aos dados da Receita Federal, por meio do contrato firmado entre a Serpro, empresa estatal de processamento de dados, e a chinesa Huawei, braço de espionagem tecnológica do Partido Comunista Chinês. É esta a realidade que o país está vivendo e que parcela expressiva da direita recusa-se a enxergar em nome do pragmatismo.

Leia também:
1) Serpro Contrata Empresa Chinesa Huawei Sem Licitação Por R$23 Milhões

2) Um Tucano No Itamaraty & A Volta do Anão Diplomático: Brasil Poderá Reabrir Consulado em Caracas


 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE