por paulo eneas
O Chile iniciou a vacinação contra a Covid-19 com a vacina da Pfizer-Biontech em 24 de dezembro do ano passado. Naquela data, o país registrava uma média semanal de 42 óbitos por Covid19, segundo informações divulgadas pela Agência Brasil. No dia 2 de fevereiro deste ano, o Chile também passou a vacinar com a vacina chinesa Coronavac, como informou reportagem CNN Brasil.

Cinco meses após o início de sua vacinação, o Chile apresenta uma média semanal de 98 óbitos por Covid-19. Ou seja, cinco meses após o início de sua campanha nacional de vacinação, que deveria estar salvando vidas, o Chile apresenta uma média diária de mortos por Covi-19 mais de duas vezes superior à aquela registrada antes do uso das vacinas.

Este fato, por si só, deveria ser suficiente para alertar nossos gestores públicos sobre a estratégia que está sendo adotada no Brasil para fazer frente à pandemia do vírus chinês. Estas informações foram coletadas e divulgadas pelo Dr. Alessandro Loiola em seu canal do Telegram, que pode ser acessado neste link aqui.


 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE