por angelica ca e paulo eneas
O senador Renan Calheiros (MDB-AL), relator da CPI da Covid no Senado Federal,  descartou a possibilidade de um novo depoimento da Dra. Nise Yamaguchi ou de outros depoentes que defendem o tratamento precoce para a Covid-19.

O senador tomou a decisão após o depoimento da Dra. Nise Yamaguchi nesta terça-feira (01/06), no qual ela fez a defesa do tratamento da covid na fase inicial da doença. O senador afirmou explicitamente que não existe interesse em dar espaço para os profissionais de saúde que defendem o tratamento precoce.

O senador alega que os depoimentos da Dra. Yamaguchi e da Dra. Mayra Pinheiro mostraram que houve “utilização da cloroquina e dos produtos do tratamento precoce como política pública, gastando dinheiro público, em detrimento da vacinação”, o que é uma afirmação rigorosamente falsa, mas que interessa à narrativa que ele deseja impor. Informações de Correio Brasiliense | Diário de Pernambuco.


 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE