por angelica ca e paulo eneas
O presidente da CPI da Covid do Senado Federal, senador Omar Aziz (PSD-AM), manteve  conversas por telefone com o chefe petista Luiz Inácio Lula da Silva e com o governador tucano paulista João Doria. As informações são do portal Metrópoles, que informa que a conversa com Lula teria ocorrido na terça-feira (01/06), e a conversa com governador tucano paulista João Doria no dia seguinte.

O petista teria elogiado a atuação do grupo majoritário de senadores da comissão, que procuram conduzir os trabalhos de modo a incriminar o Presidente da República e ao mesmo tempo criminalizar o tratamento precoce de pacientes com a Covid-19. Lula e Omar Aziz ainda teriam combinado de marcar um encontro após a CPI encerrar os trabalhos.

Esta teria sido, pelo menos, a segunda conversa entre os dois políticos desde o início dos trabalhos da CPI. Por sua vez, o tucano teria ligado para Omar Aziz para solicitar o contato da médica-cantora Luana Araújo e convidá-la para integrar o Centro de Contingências do Coronavírus de São Paulo.

O senador Omar Aziz, que já foi governador do Amazonas, já foi acusado de suspeita de corrupção, desvios de verbas e até pedofilia durante sua governo. O agora senador já foi alvo de uma operação do Ministério Público Federal, conhecida como “Maus Caminhos”, deflagrada em 2016.

Em setembro de 2019, a Polícia Federal indiciou o senador Omar Aziz por suspeita de participar de um esquema de corrupção que desviou pelo menos R$ 200 milhões em verbas da Saúde do Amazonas. Os desvios, segundo as investigações, começaram quando Omar Aziz era governador do estado, entre 2010 e 2014. Informações de Metrópoles | Portal G1 | Jovem Pan.


 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE