por paulo eneas
O Presidente Bolsonaro foi internado na noite desta quarta-feira (14/07) no Hospital Vila Nova Star, em São Paulo (SP), após ter se submetido a exames preliminares no Hospital das Forças Armadas em Brasília (DF).

Em boletim médico divulgado logo após a chegada do presidente na capital paulista, a equipe médica do hospital, chefiada pelo Dr. Antonio Luiz Macedo, informou que após avaliação médica decidiu-se pela internação preventiva do chefe do governo, estando afastada a necessidade de cirurgia imediata.

O presidente padece de um problema de obstrução intestinal, que resultou de uma sequela da facada desferida contra ele em um ato terrorista praticado por Adélio Bispo de Oliveira, um antigo filiado ao PSOL, durante a última campanha eleitoral presidencial. Segue abaixo a íntegra do boletim médico da equipe do Hospital Vila Nova Star.

Nota à imprensa
São Paulo, 14 de julho de 2021

O Senhor Presidente da República, Jair Messias Bolsonaro, foi transferido na noite desta quarta-feira para o Hospital Vila Nova Star, em São Paulo, após passar por uma avaliação no Hospital das Forças Armadas, em Brasília, e ser diagnosticado com um quadro de suboclusão intestinal. Após avaliações clínica, laboratoriais e de imagem realizadas, o Presidente permanecerá internado inicialmente em tratamento clínico conservador

Direção médica responsável:
Dr. Antônio Luiz de Vasconcellos Macedo – Cirurgião-chefe
Dr. Ricardo Camarinha – Cardiologista do Presidente
Dr. Leandro Echenique – Clínico e Cardiologista
Dr. Antônio Antonietto – Diretor médico do Hospital Vila Nova Star
Dr. Pedro Henrique Loretti – Diretor Geral do Hospital Vila Nova Star


 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE