Fontes nos informaram no início da noite desta quarta-feira (21/07) que os principais articuladores políticos que operaram para trazer o senador Ciro Nogueira (PP-PI) para a chefia da Casa Civil do Governo Federal foram o ministro Fabio Faria das Comunicações, o ministro Paulo Guedes da Economia, e o ministro Tarcísio Gomes de Freitas, da pasta da Infraestrutura.

A participação da Paulo Guedes sugere sua anuência prévia na redução da pasta da Economia, cuja secretaria de emprego e trabalho será transformada no novo, porém já antigo, Ministério do Trabalho, que terá outro nome. A participação de Fábio Faria está ligada à sua intenção de ser o candidato a vice-presidente na chapa de Bolsonaro para a reeleição.

Por sua vez, a participação de Tarcísio Gomes de Freitas pode estar relacionada à sua possível ida para o Progressistas (PP) visando uma eventual candidatura nas próximas eleições. Fabio Faria já anunciou sua ida para o mesmo partido.


COLABORE COM O CRÍTICA NACIONAL FAZENDO UMA DOAÇÃO PELO PIX: 02259742823


 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE