Uma ONG chamada Politize, que recebe apoio de entidades como Fundo de População das Nações Unidas, Fundação Konrad Adenauer, Facebook, e que tem entre seus parceiros uma certa Growth Hackers entre outros, firmou parceria com a Secretaria da Educação do governo petista da Bahia para oferecer curso de formação de “liderança ativa” aos estudantes da rede pública de ensino daquele Estado.

O caráter militante e doutrinário de natureza esquerdista desta iniciativa fica evidente ao observar-se o conteúdo do website desta ONG. A notícia, divulgada pela Radio Brado, não deixa claro se haverá alocação de recursos públicos para esta entidade de viés claramente esquerdista com o suposta propósito de proporcionar “educação política” aos estudantes da rede pública de ensino baiana.


COLABORE COM O CRÍTICA NACIONAL FAZENDO UMA DOAÇÃO PELO PIX: 02259742823


 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE