O corregedor do Tribunal Superior Eleitoral, ministro Luis Felipe Salomão, solicitou ao ministro do Supremo Tribunal Federal, Alexandre de Moraes, o compartilhamento de novas informações que possam ter relação com investigações da chapa eleitoral Bolsonaro-Mourão das eleições de 2018.

Luis Felipe Salomão é relator das duas ações restantes no Tribunal Superior Eleitoral que pedem a cassação da chapa Bolsonaro-Mourão por suposto uso de disparos em massa durante a campanha presidencial de 2018. No pedido, o corregedor solicita o compartilhamento de novas provas do inquérito dos atos antidemocráticos, arquivado em 1º de julho, e do inquérito para apurar a existência de uma suposta milícia digital.

Segundo o corregedor, os fatos sob apuração no âmbito da suprema corte podem estar relacionados ao objeto de investigação judicial eleitoral em andamento no TSE. As ações relativas a esta investigação pedem a cassação da chapa por suposto abuso de poder econômico e uso supostamente indevido dos meios de comunicação. Informações Pleno News | Conjur | Extra Globo.


 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE