O relator da PEC 135 que institui o mecanismo de impressão do voto nas urnas eletrônicas, deputado federal Filipe Barros (PSL-PR), protocolou nesta quarta-feira (04/08) novos dispositivos ao relatório que será apreciado ainda hoje pela Comissão Especial da Câmara dos Deputados que analise a proposta.

Um dos novos dispositivos acrescidos reduz os poderes do Tribunal Superior Eleitoral nas investigações sobre processos de votação. Outro dispositivo estabelece que o eleitor poderá acompanhar a contagem manual dos votos.

Foi feita também uma alteração no que diz respeito ao princípio da anterioridade anual da regras eleitorais, de modo que as alterações sugeridas na PEC 135, se aprovadas, passarão a ter validade já nas eleições do ano que vem.

O texto tem previsão de ser analisado pela Comissão Especial ao final da tarde desta quinta-feira. O Crítica Nacional irá cobrir ao vivo a sessão da comissão pelo nosso canal no youtube.

Leia também:
O Xadrez 4D Que Não Existe: Revelação das Vulnerabilidades Confessas da Justiça Eleitoral Mostra Ao Presidente Bolsonaro Quem São Seus Verdadeiros Aliados


 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE