O relatório da PEC 135 que institui o mecanismo de voto impresso e de escrutínio público das eleições, preparado pelo deputado federal Filipe Barros (PSL-PR), foi derrotado em votação realizada nesta quinta-feira (05/08) na Comissão Especial que analisa a proposta. O relatório foi rejeitado por 23 votos contrários contra 11 fotos favoráveis. A comissão irá agora apreciar relatório distinto que irá propor o arquivamento da proposta de emenda constitucional.

O Crítica Nacional acompanhou em tempo real os trabalhos da comissão, e a cobertura completa pode ser vista neste vídeo aqui. Logo após o encerramento da sessão, fizemos uma análise do resultado, e também algumas considerações críticas sobre a maneira pela qual influenciadores do campo da direita têm abordado determinados temas de interesse nacional. Nossa análise pode ser vista no vídeo abaixo:



CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE