A Câmara dos Deputados poderá rever o caso do deputado Daniel Silveira (PSL-RJ) e declarar a ilegalidade de sua prisão. Um recurso foi encaminhado à mesa diretora da Câmara e foi recebido pelo presidente da casa, deputado Arthur Lira (PP-AL), que fez o encaminhamento à presidente da Comissão de Constituição e Justiça, deputada Bia Kicis (PSL-DF).

Segundo informa em sua rede social a deputada Alê Silva (PSL-MG), o líder do governo Major Vitor Hugo (PSL-MS) estaria articulando junto a Arthur Lira para acelerar o trâmite do recurso, de modo que ele venha a ser apreciado o quanto anos. Uma reversão da posição anterior da Câmara dos Deputados, que autorizou a prisão de Daniel Silveira, poderá levar à sua soltura.

O deputado Daniel Silveira encontra-se preso sob circunstâncias consideradas inconstitucionais e ilegais por praticamente todos os juristas que manifestam-se publicamente sobre o assunto. A prisão do deputado foi decretada por integrante do Supremo Tribunal Federal, após o deputado ter gravado um vídeo criticando a atuação dos magistrados.


 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE