Em mais um ato de clara ingerência em assuntos políticos internos do país, contrariando assim as normas e convenções da diplomacia internacional, o agente político do Partido Comunista Chinês que atua no Brasil sob credenciais diplomáticas, o embaixador Yang Wanming, publicou na manhã desta sexta-feira (13/08) uma mensagem comemorando a prisão do presidente nacional do PTB, Roberto Jefferson.

Na nota em tom irônico e sarcástico, o embaixador chinês dá a entender que esperava e desejava que tal prisão ocorresse. A nota foi interpretada desta maneira pela quase totalidade da base de apoiadores do governo nas redes sociais. Desde o início do Governo Bolsonaro, a direita vem insistindo para que o embaixador chinês seja declarado persona non grata, para ser destituído de suas funções e substituído por outro diplomata chinês.

Existe um entendimento de que Yang Wanming atua como agente político estrangeiro em nosso país, fazendo ingerência indevida em assuntos internos nacionais. Em diversas oportunidades Yang Wanming insultou autoridades brasileiras, incluindo parlamentares e Ministros de Estado, e nada foi feito por quem de direito para cessar isso.


 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE