A sede do Diretório Estadual do PTB em São Paulo amanheceu depredada nesta quarta-feira (28/08). A fachada da sede estava coberta de cartazes colocados por delinquentes esquerdistas exibindo dizeres com ataques, insultos e calúnias ao Presidente Bolsonaro, acusando-o de “corrupto, negacionista, assassino, traidor, ladrão de vacina”, entre outras expressões caluniosas.

Os comunistas nunca abrem mão de usar métodos violentos e criminosos para atingir seus objetivos, com a diferença importante que em período recente a sensação e a certeza da impunidade por estes atos aumentou, na mesma proporção em que aumentou o cerceamento à liberdade de expressão e de manifestação pacífica dos conservadores.

O chefe de gabinete da liderança do PTB na Assembleia Legislativa de São Paulo, Edson Salomão, informou em sua rede social que as medidas legais serão tomadas, incluindo o registro de boletim de ocorrência policial. Fonte: Revista Esmeril


 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE