Em seu pronunciamento na tarde desta quarta-feira (08/09), o presidente do Supremo Tribunal Federal, ministro Luiz Fux, voltou a afirmar que “ninguém irá fechar o STF”, e centrou parte de sua fala em tono deste tema. Ocorre que a tese de fechamento do STF nunca passou de um espantalho colocado no palco da opinião pública principalmente pela velha imprensa, para atribuir à direita uma bandeira que nunca foi dela.

Nenhum segmento sério da direita brasileira propõe fechamento de qualquer instituição, seja ela o Congresso Nacional ou o Supremo Tribunal Federal.

Milhões de brasileiros foram às ruas nas Manifestações de 7 de Setembro não para pedir fechamento do que quer que seja, mas sim para exigir o respeito à Constituição Federal e ao devido processo legal, para exigir o fim das prisões ilegais por razões políticas e para exigir a garantia da liberdade de expressão, prevista no próprio texto constitucional.

Analisaremos outros aspectos do pronunciamento do ministro Luiz Fux em matéria em separado, dada a sua relevância.


 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE