A Agência Espanhola de Medicamentos e Produtos de Saúde (AEMPS) publicou na semana passada seu oitavo Relatório de Farmacovigilância de Vacinas Covid-19, que traz informações sobre novos efeitos colaterais que podem ser produzidos pelas vacinas aprovadas da Pfizer, Moderna, AstraZeneca e Janssen, e que estão sendo aplicadas à população espanhola.

Conforme informado pelo website Diario AS, no momento estes efeitos colaterais são reações adversas que se encontram em fase de avaliação. As reações listadas são as seguintes: eritema multiforme, distúrbios menstruais, glomerulonefrite e síndrome nefrótica, síndrome inflamatória multissistêmica, e trombose do seio venoso cerebral sem trombocitopenia.

Segundo relatório divulgado pela agência espanhola, até 5 de setembro de 2021 foram administradas 66.835.878 doses de vacinas contra Covid-19 em toda a Espanha, havendo até aquela data o registro de 41.751 notificações de eventos adversos.


 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE