Ainda em sua entrevista à Revista Veja publicada nesta sexta-feira (24/09), o Presidente Bolsonaro elogiou o ministro Luís Roberto Barroso, do Tribunal Superior Eleitoral, pelo fato de o magistrado ter trazido as Forças Armadas para acompanhar o processo eleitoral.

No entender do presidente, esta decisão faz com que as eleições, que continuarão a ser realizadas com votação eletrônica sem voto impresso e com apuração secreta, a partir de agora passem a ser merecedoras de confiança.

No mesmo dia, o ministro Luís Roberto Barroso decide proibir a presença de missões religiosas em terras indígenas, atendendo a pedido impetrado pelos petistas. Daqui pode-se concluir que o cenário político brasileiro do momento faz a estratégia das tesouras da era tucano-petista parecer coisa de amadores.


 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE