O Presidente Bolsonaro testou negativo para Covid-19, segundo informou a Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República na manhã deste domingo (26/09). O teste foi feito após o retorno do presidente de sua viagem aos Estados Unidos para participar da Assembleia Geral das Nações Unidas. Ao menos três integrantes da comitiva presidencial contraíram Covid-19, incluindo o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, e o deputado federal Eduardo Bolsonaro.

Tanto deputado quanto o ministro escolheram se inocular com as vacinas experimentais contra a Covid-19, segundo eles próprios informaram. O presidente, por sua vez, já havia contraído o coronavírus no ano passado, fez o tratamento precoce com medicamentos de uso off label incluindo a hidroxicloroquina, segundo relato do próprio presidente, curou-se e desenvolveu a imunidade natural.

A imunidade natural adquirida pelas pessoas que contraíram coronavírus e se curaram é cerca de sete vezes maior do que a suposta imunidade proporcionada pelas vacinas experimentais, segundo mostra estudo feito em Israel e que divulgamos no artigo Covid-19: Dados do Ministério da Saúde de Israel Mostram Imunidade Natural Quase Sete Vezes Maior Do Que Imunidade Vacinal, publicado em julho deste ano.


 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE