A Câmara Municipal de São Paulo poderá instalar uma Comissão Parlamentar de Inquérito para investigar escolas, professores e diretores que promovem o ensino da ideologia de gênero na rede municipal de ensino da capital paulista.

A iniciativa partiu do vereadora Rinaldi Digilio (PSL-SP), após ter solicitado à Secretaria Municipal de Educação que investigue a Escola Conde Pereira Carneiro por suspeita de ensino de ideologia gênero.

A solicitação do vereador foi feita depois de uma denúncia apresentada pelo deputado estadual Douglas Garcia (PTB-SP), conforme noticiou inicialmente a Revista Esmeril. O vereador Rinaldi Digilio informou que está coletando assinaturas no legislativo paulistano para a instalação da CPI da Ideologia de Gênero.


 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE