O pastor Silas Malafaia tem feito cobranças e denunciado ministros do Governo Bolsonaro que são do Centrão pela falta de empenho destes ministros na aprovação do nome de André Mendonça para a vaga em aberto no Supremo Tribunal Federal. O pastor tem usado o argumento de lealdade, para dizer que sendo o nome de  André Mendonça uma indicação do presidente, os ministros teriam a obrigação de empenhar-se pela sua aprovação.

O Pastor Silas Malafaia é também um político experiente e sabe muito bem o que está em jogo. O pastor também sabe que a rigor a indicação de André Mendonça não é exatamente uma indicação própria do presidente, mas atende um esquema de partilha das vagas em aberto na suprema corte.

O Crítica Nacional descreveu os detalhes desta partilha e como ela contempla interesses do Centrão, dos petistas e até mesmo dos senadores do G7 da CPI da Pandemia. Os detalhes podem ser visto no artigo Por Que a Indicação de André Mendonça Para o Supremo Tribunal Federal Subiu no Telhado publicado em setembro deste ano em nosso site.


CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE