O encarregado interino de Negócios da Missão dos Estados Unidos no Brasil desde junho, Douglas Koneff, demonstrou preocupações com a presença da empresa chinesa Huawei, uma das grandes fornecedoras de equipamentos para as operadoras brasileiras de serviços de telefonia e telecomunicações.

Faltando menos de um mês para o leilão da Rede 5G no Brasil, Douglas Koneff, afirmou em entrevista ao jornal Folha de São Paulo, que a Huawei é uma companhia antiética e não confiável, por conta das denúncias de roubo de propriedade intelectual.

Questionando se haverá algum tipo de retaliação dos Estados Unidos contra o Brasil caso a chinesa Huawei participe da implementação da Rede 5G no país, Douglas Koneff, disse não saber como a Huawei será incluída no leilão, e enfatizou que a empresa chinesa tem um histórico de comportamento antiético, ilegal e inadequado. Fonte: Folha de São Paulo.


 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE