O ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal, determinou a prisão preventiva do jornalista Allan dos Santos, do Canal Terça-Livre. A informação foi divulgada pelo Portal G1 nesta quinta-feira (21/10), que não diz quando a decisão do magistrado foi tomada.  A prisão foi determinada a pedido da Polícia Federal e teve parecer contrário da Procuradoria-Geral da República.

O pedido de prisão do jornalista veio acompanhado de determinação ao Ministério da Justiça para que dê início a um processo de extradição, uma vez que Allan dos Santos reside há meses nos Estados Unidos. O ministro também determinou a inclusão do nome de Allan dos Santos na lista da Interpol.

A Polícia Federal acusa o jornalista de envolvimento em supostos ataques à Constituição Federal e à Democracia. O ministro Alexandre de Moraes determinou também o bloqueio de todas as operações financeiras de Allan de Santos, além do bloqueio de suas redes sociais. Mais tarde traremos mais informações. Fonte: Portal G1.


 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE