Os ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) formaram maioria nesta sexta-feira (22/10) para manter a prisão do deputado federal Daniel Silveira (PSL-RJ). Os ministros Ricardo Lewandowski, Carmen Lúcia, Dias Toffoli, Rosa Weber, Edson Fachin e o relator da ação, Luís Roberto Barroso, votaram favoráveis à manutenção da prisão do parlamentar.

O ministro Alexandre de Moraes declarou-se impedido de votar, pois o mandado de prisão do parlamentar foi expedido pelo próprio magistrado. O julgamento é feito no plenário virtual da Corte e os ministros apenas depositam o voto, sem debates sobre o tema.

O presidente do STF, ministro Luiz Fux, negou na quarta-feira (20/10) um pedido apresentado pela defesa de Daniel Silveira para afastar Alexandre de Moraes dos processos aos quais o deputado responde.


 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE