A CPI da Pandemia pretende que o Presidente Bolsonaro seja banido das redes sociais. Na sessão desta terça-feira (26/10) da comissão, quando será votado seu relatório final, foi aprovado um requerimento pedindo a quebra de sigilo das redes sociais do presidente.

A iniciativa foi motivada em vista da live do presidente da quinta-feira passada, quando o chefe de governo fez referência à matéria da Revista Exame a respeito da relação entre vacinas contra o coronavírus e a a AIDS.

Na hipótese deste banimento ocorrer, o presidente Bolsonaro ficaria sem o principal instrumento que ele tem utilizado para o contato direto com seus apoiadores, além de representar mais um episódio, somado a outros nos últimos dois anos, que colocaria em questão sua autoridade institucional como Chefe de Estado.


 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE