O primeiro-ministro da Eslovénia, Janez Janša, chamou a milícia terrorista Antifa de “organização terrorista global” apoiada por capital de especuladores financeiros que “forjam lucros às custas do caos causado”. A afirmação do chefe de governo eslovaco foi feita em meio a uma crescente violência na França no fim de semana.

Janez Janša fez seus comentários por meio das redes sociais. O líder esloveno estava reagindo a uma postagem do jornalista americano Andy Ngo, que destacou a violência do grupo criminoso Antifa no fim de semana na cidade francesa de Nantes, quando o grupo tentou interromper um evento com o escritor conservador e candidato à presidência francesa Eric Zemmour.

O site Breitbart, citando o jornal francês Le Figaro, informou que cerca de seiscentos membros dos Antifas se reuniram em Nantes para se opor a Zemmour e alguns gritaram pedindo sua morte e entraram em confronto com a polícia.

Zemmour reagiu aos ataques do grupo de extrema esquerda, dizendo: “Nós sabemos quem foi Joseph Stalin, sabemos as centenas de milhares de mortes que ele causou, essas pessoas são apenas seus descendentes distantes”. Fonte:  NeonNettle | Political Viewer | Western Journal.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE